Volume
Redes
Sociais
PSDB CONFESSA TER RECEBIDO FAVORES INDIVIDUAIS EM PREJUÍZO DA "VERDADEIRA NECESSIDADE DO CIDADÃO BRASILEIRO"
17/08/2017 - 22h52 em POLÍCIA

 

O ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes (PSDB-SP), afirmou nesta quinta-feira (17) no Facebook, ao comentar a propaganda partidária exibida pelo PSDB, que foi ao ar em rede nacional hoje, que o partido deu um "tiro" no "próprio pé" 

Na gravação, de dez minutos, a legenda diz que errou ao aceitar como "natural" a troca de favores individuais em prejuízo da "verdadeira necessidade do cidadão brasileiro".

"Eu diria aos que conceberam e aprovaram essa mensagem: alto lá! Os governos tucanos que apoiei ou dos quais participei não se reconhecem nessa caricatura. Tenho 30 anos de vida parlamentar e nunca recebi dinheiro ou pedi vantagens para apoiar as agendas em que acredito", publicou o ministro no Facebook.

"O PT, aliás, do Lula ao mais modesto dos seus aderentes, deve estar dando gargalhadas diante desse enorme tiro que a direção interina do PSDB desferiu no nosso próprio pé", acrescentou Aloysio Nunes na rede social.

'Presidencialismo de cooptação'

No vídeo, o PSDB critica o atual sistema de governo e defende uma mudança para o parlamentarismo. Na visão do partido, o presidencialismo de coalizão "ficou antigo e ganhou muitos vícios". O locutor, então, diz que o modelo, "que pode ter funcionado no passado", se transformou em um "presidencialismo de cooptação".

"Presidencialismo de cooptação é quando um presidente tem que governar negociando individualmente com políticos ou com partidos que só querem vantagens pessoais e não pensam no país. Uma hora apoia, outra não. E, quando apoia, cobra caro", afirma a propaganda do PSDB.

Apesar de criticar o presidencialismo de coalizão, o PSDB, atualmente, comanda quatro ministérios no governo Michel Temer: Cidades, Relações Exteriores, Direitos Humanos e Secretaria de Governo.

"Pergunto aos marqueteiros: o apoio do PSDB ao governo Temer, os cargos que ocupamos, foram negociados por baixo do pano, por fisiologismo ou apego aos cifrões que aparecem nos olhos dos bonequinhos em que o programa representa 'os políticos'? [...] Que se aponte com clareza quem são os impuros, porque eu, como ministro, não visto a carapuça", completou.

 

PARA ASSISTIR A PROPAGANDA DO PSDB CLIK NO LINK ABAIXO.

https://youtu.be/TwKtO2z_9Z8

 

FONTES:COLABORADORES/FACEBOOK/G1

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!